Um mundo cor de rosa

Que a Campanha Outubro Rosa, que conta com o nosso irrestrito apoio, ilumine todas as mulheres de nosso país para a essencialidade dos cuidados com a saúde

Como já se tornou tradição, o Congresso Nacional se cobre de cor de rosa todos os anos para conscientizar a todos, especialmente às mulheres, sobre o quão importante é a prevenção do câncer de mama. Isso por que, como todos sabemos, o câncer de mama é o mais comum entre as mulheres em todo o mundo e no Brasil, perfaz cerca de 25% dos casos de incidência desta enfermidade.

Segundo estimativa do Instituto Nacional do Câncer somente neste ano quase sessenta mil mulheres serão diagnosticadas com câncer de mama. Caso os nódulos sejam identificados quando ainda menores que um centímetro, as chances de cura chegam a 95%. Dessa forma o Congresso Brasileiro se une a milhões de campanhas por todo o mundo no combate à doença.

A consciência de que os fatores predisponentes para uma grande gama de doenças por si só não são suficientes para o seu surgimento é uma das mais valiosas certezas que podemos ter sobre a manutenção de nossa saúde. E por que não dizer, das nossas vidas.

O que determina, na maioria das vezes, a instalação de alguma enfermidade são os fatores contribuintes. Hábitos de vida, o ambiente no qual vivemos, os cuidados com o funcionamento saudável de nosso organismo, entre os quais sobressai, sem sombra de dúvida, a prevenção.

A grosso modo, parafraseando o cientista, podemos dizer que a genética carrega a arma; e nós, a depender do modo que tocamos nossas vidas, podemos ou não, apertar o gatilho. Neste contexto é que está a pertinência das campanhas de alerta à população sobre a importância da prevenção das doenças. Quaisquer que sejam elas. E todos os modos possíveis de forma a servir de alertar a todos.

Que a Campanha Outubro Rosa, que conta com o nosso irrestrito apoio, ilumine todas as mulheres de nosso país para a essencialidade dos cuidados com a saúde. E que a cor rosa sirva como uma mensagem de que as predisposições do nosso organismo, por si somente, não são suficientes, na grande maioria das vezes, para o nosso adoecimento, caso evitemos os fatores contribuintes, tal como o menosprezo com a prevenção

Conheça a TV 247

Mais de Blog

Ao vivo na TV 247 Youtube 247