Um novo horizonte para São Paulo

São Paulo precisa do modo petista de governar, com desenvolvimento sustentável, respeito ao meio ambiente e inclusão social

A Caravana Horizonte Paulista, coordenada pelo ex-ministro da Saúde, Alexandre Padilha, começou com o 'pé direito' na elaboração do programa de governo que São Paulo merece. Com esse programa, esperamos eleger um gestor com os olhos voltados para os cidadãos de todos os municípios paulistas. Para isso, nada melhor do que ouvi-los e isso o Partido dos Trabalhadores, nesses 34 anos de existência, sabe fazer como nenhum outro.

A caravana, que percorrerá todas as regiões de São Paulo sob a liderança do Padilha, conversará com todos os setores da sociedade, autoridades e população em geral. O momento é de fazer um diagnóstico profundo dos problemas do Estado. Padilha tem alertado para a necessidade da construção de um novo projeto para São Paulo. 'Não admitimos que São Paulo fique em marcha lenta. É preciso reconhecer que as energias do PSDB estão esgotadas depois de 20 anos no governo estadual', disse o nosso ex-ministro.

Estou muito otimista, em especial depois de percorrer os primeiros trechos da caravana. Pude sentir, ainda mais, a capacidade de ouvir do Padilha, o respeito que ele tem pelas pessoas e o prestígio que ele conquistou junto a prefeitos, vereadores e a população depois de dez anos servindo ao Brasil nos governos Lula e Dilma.

São Paulo precisa do modo petista de governar, com desenvolvimento sustentável, respeito ao meio ambiente e inclusão social. O avanço do país na última década salta aos olhos – menos para a oposição míope, é claro. Basta ver os números da economia, mesmo em época de crise internacional, as obras de infraestrutura depois de décadas de paralisação, a queda do desemprego, a geração ímpar de oportunidades educacionais e a distribuição de renda que permitiu a mais de 40 milhões de pessoas ascenderem à classe média.

Mas São Paulo vai na contra-mão. Todas as áreas, em especial na educação e na saúde, sofrem com a falta de iniciativas e financiamento. Há 20 anos não se constrói uma barragem para aumentar a produção de água. Os efeitos se fazem sentir nestes duros tempos de estiagem.

Na segurança pública, o caos está instalado. Para complicar ainda mais, os investimentos para este ano ficarão 11% abaixo do previsto. Ao invés de termos uma polícia moderna e cidadã, temos uma polícia violenta, despreparada e incapaz de combater o crime organizado. 'Faltou coragem ao PSDB nesses 20 anos para combater o PCC', constatou Padilha. Infelizmente essa é a triste realidade do nosso Estado.

O governo tucano de São Paulo age com rigor apenas na obstrução das CPI's na Assembleia Legislativa (Alesp). É o jeito tucano de governar, varrendo a sujeira para baixo do tapete. A bancada do PT na Alesp conseguiu 29 assinaturas, mas ainda faltam três para instalar uma CPI sobre a corrupção no sistema metro-ferroviário de São Paulo, com propinas pagas a integrantes do governo do PSDB que podem chegar a quase R$ 200 milhões. Não é à toa que o metrô paulistano, embora relativamente novo, apresente sinais de colapso. Enquanto a Cidade do México construiu 200 quilômetros de metrô desde 1974, São Paulo construiu apenas 70 quilômetros no mesmo período.

Para São Paulo entrar no ritmo do Brasil é preciso uma alternativa ao PSDB. E, com a experiência de várias eleições, concordo plenamente com o ex-presidente Lula, para quem o PT 'nunca esteve tão preparado para governar' o maior e mais rico Estado da federação.

Esses 34 anos de história nos permitem celebrar as conquistas dos trabalhadores da cidade e do campo, dos negros, dos indígenas, dos imigrantes, das mulheres, dos portadores de necessidades especiais, dos sem-tetos, da livre orientação sexual, da liberdade religiosa, da defesa do meio ambiente e do desenvolvimento sustentável, além de tantos outros movimentos que fazem do PT um partido singular na história da esquerda mundial.

Somos o partido que caminha com o povo e ainda que construamos alianças, não renunciamos ao nosso programa e aos nossos ideais de liberdade e justiça social. Amadurecemos e aprendemos a governar. Por tudo isso, minha convicção só aumenta e já enxergo um novo horizonte para São Paulo, um Horizonte Paulista. São Paulo merece coisa muito melhor do que a mesmice e a inação dos governos tucanos.

Ao vivo na TV 247 Youtube 247