Uma bandeira a ser abraçada por FUP e FNP

Investimentos acima de US$ 35 bilhões ano podem trazer equilíbrio e até superávits primários. Portanto, num forte programa de investimentos, a Petrobras pode, por si só, provocar superávits fiscais, independentemente de reformas previdenciárias

Uma bandeira a ser abraçada por FUP e FNP
Uma bandeira a ser abraçada por FUP e FNP (Foto: REUTERS/Ueslei Marcelino)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Em artigo publicado no Valor Econômico o economista André Lara Resende se contrapõe à política de Paulo Guedes.

Segundo Resende a política de Guedes é “miragem neoliberal de austeridade fiscal que não deu certo em lugar nenhum do mundo”

Resende propõe mudar o sistema de pagamento da dívida do governo. Atualmente o Tesouro é financiado colocando títulos no mercado que são utilizados pelos bancos para negociar com o Banco Central.

Para Resende melhor seria o Banco Central financiar o Tesouro da mesma maneira que financia o mercado. A relação entre Tesouro e mercado deixaria de existir.

Os juros seriam sempre inferiores à variação do PIB e poderiam ser eliminados dois problemas : 1) a restrição do governo gastar e 2) especulação com risco do governo que eleva a dívida.

Vejam o artigo a seguir :

https://jornalggn.com.br/politica/lara-resende-detona-ultraneoliberalismo-de-guedes-por-cesar-fonseca/

Sem restrição de gasto o governo poderá atender mais adequadamente as necessidades básicas da população (saúde, educação, segurança etc) e investir em projetos que promovam o desenvolvimento e a geração de empregos (infra estrutura) e de elevado retorno financeiro (caso do pre-sal brasileiro)

Como vimos em artigo publicado recentemente, a Petrobras na sua condição de investidora autônoma, tem importante capacidade de indução e multiplicação dos investimentos no Brasil 

http://www.aepet.org.br/w3/index.php/conteudo-geral/item/3045-as-principais-mentiras-falaciosas-de-paulo-guedes-que-podem-causar-decadas-de-atraso-ao-brasil

Mesmo em momentos de baixa demanda a empresa é capaz de provocar substancial efeito multiplicador para o crescimento econômico do país.

O gráfico a seguir mostra a correlação entre os investimentos da Petrobras e a evolução dos resultados primários da economia brasileira .

Fonte : Secretaria do Tesouro Nacional e Balanços da Petrobrás

Existe uma forte correlação entre os investimentos da Petrobras e o resultado primário.

Investimentos acima de US$ 35 bilhões ano podem trazer equilíbrio e até superávits primários. Portanto, num forte programa de investimentos, a Petrobras pode, por si só, provocar superávits fiscais, independentemente de reformas previdenciárias.

Pode também melhorar substancialmente o nível de emprego no país.

Se nós compararmos o histórico dos investimentos da Petrobrás com a evolução da Divida Bruta do governo em relação ao PIB, vamos verificar que nos momentos de elevados investimentos por parte da companhia a relação Divida Bruta/PIB se manteve entre 50 e 55% . Nos momentos de baixo investimento da companhia a relação Divida Bruta/PIB se eleva fortemente tendo alcançado 70% em 2016 ( hoje a relação já passa de 80%)

Fonte : Secretaria do Tesouro e Balanços Petrobras

A Petrobras pode investir pesadamente no pré-sal e se transformar em uma das maiores produtoras do mundo e com isto gerando empregos e desenvolvimento no Brasil.

A proposta de Lara Resende associada a fortes investimentos na Petrobras são aspectos relevantes para a FUP e a FNP se contraporem aos descalabros dos planos neo liberais de Paulo Guedes que podem conduzir o Brasil a décadas de atraso.

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247