Uma carta aberta ao PT do Rio de Janeiro

Vejam o vídeo e reconheçam tudo que mancha a imagem de um partido que fez e ainda faz escolhas incorretas neste conturbado processo sanitário, político e econômico

Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Já não sei o que é pior neste golpe de 2016 e em seu histórico retrocesso iniciado com o “mordomo”! 

Estamos sempre desejando uma terceirização ou quarteirização do caos municipal e estadual, afinal este é o estado do Rio de Janeiro do #Recruta00 e do Cabral. Este é o estado das raspadinhas, das milícias, dos tantos tráficos, das intervenções militares e partidárias. A cidade maravilhosa dos grandes eventos, espirituosa para um pastor como prefeito, logo em uma pandemia que prejudicou o “culto”.

E destas intervenções encontramos a síntese dos reconhecidos funcionários fantasmas que dão vida à raspadinha naturalizada, ao que tudo indica praticada por todos. 

Uma inclusive, desconhecida servidora, agente de endemias, desde julho de 2007, da Prefeitura de Nova Iguaçu, mesmo com toda a crônica ansiedade sinalizada, somava em fevereiro de 2019 os R$ 1.976,11 originais a modesta verba comissionada bruta, de R$ 7.952,98**, com direito à auxílios, em um departamento de material da ALERJ. Certamente não eram de EPI’s!

Funcionários da saúde sem receber seus salários, sem equipamentos de proteção individual, sem estrutura básica, morrendo em muitos casos! O povo carente, necessitado, escravizado, sem muitas opções assistenciais, sem seu auxílio de R$ 600,00 (já desviado por quadrilhas e quadrilheiros), mas a esposa do secretário de (DES) organização do PT, Paula Teixeira Carvalho, sem sair de casa, na pré e atual pandemia, recebe regularmente, repito, desde fevereiro de 2019, um valor mais de 10 vezes superior ao auxílio emergencial! Enquanto o representante do diretório estadual do PT do Rio de Janeiro, Ricardo Pinheiro, desmobiliza o debate interno, na linha do atual presidente eleito, sem participar de um debate sequer com seu adversário, o conhecido e reconhecido Wadih Damous.

Espero que seja imediatamente retirado do diretório do partido e sua esposa peça exoneração, além de devolver tudo que recebeu ao longo do improdutivo tempo.

Espero que o partido torne público os filiados e/ou parentes de primeiro e segundo grau que tenha cargos comissionados ou prestem serviço em OS’s, começando pela presidência da Alerj!

Vejam o vídeo* e reconheçam tudo que mancha a imagem de um partido que fez e ainda faz escolhas incorretas neste conturbado processo sanitário, político e econômico! Escolhas que espelham o insuperável presidente de diretório do PT de Laje do Muriaé viralizado!

E neste processo, me preocupa a postura autoritária, sempre autoritária com o diferente, em opinião crítica, particularmente quando resgata a carta de fundação! Por trás da exclusão, se escondem as formas, conteúdos de concepções de mundo, de concepção de partido! Sou do PT e me dou ao direito à crítica, particularmente quando o tratamento é diferenciado. Por exemplo, ao Palocci, antes e depois da "falsa" delação oportuna para retirar o Lula da disputa! O problema é que nunca tratamos das origens do lobismo exclusivo em nossas fileiras. Um tema varrido para evitar complicações internas. Assim sendo, me indigna verificar que não possamos debater, no tom correto as nossas diferenças, assim saberemos estabelecer o conteúdo das nossas contradições internas e externas. Tenho um mantra que sempre repito nas reuniões, raras, de conjuntura, quando nos referimos ao externo! Falamos em democracia participativa, mas os canais de participação do partido inexistem! Em qualquer partido de esquerda, os sistemas de consulta, plebiscitos e referendos deveriam ser obrigatórios! Quem escolheu a Benedita? Em um partido que defende o orçamento (ou pelo menos defendia!) participativo, deveria praticá-lo internamente. Em um partido que defende o portal da transparência obrigatoriamente deveria ser o primeiro a disponibilizar para a sociedade, sem padrões de reservas, sigilos e segredos a relação de filiados e parentes próximos em cargos comissionados ou prestando serviços nas famosas e lucrativas OS’s! Afinal manipulamos recursos públicos em todos os sentidos! Este é o meu registro! Democracia começa em pequenos espaços solidários!!!

*https://g1.globo.com/rj/rio-de-janeiro/noticia/2020/06/22/alerj-tem-setor-em-que-a-maioria-dos-funcionarios-nao-aparece-para-trabalhar.ghtml?fbclid=IwAR1nWnaiYKkPqZ-sJ11JUnNFa2okmEQuriXpDHmMfZOymEd0B5V5DKqDYkE
** http://www2.alerj.rj.gov.br/leideacesso/spic/arquivo/folha-de-pagamento-2020-04.pd

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

Cortes 247

Apoie o 247

WhatsApp Facebook Twitter Email