Vitoriosos e derrotados

Trocando em miúdos, dado este contexto, ao Brasil só resta Lula como esperança em 2018. Os pais do Real alertaram Tarso Jereissati dos riscos de vitória do populismo radical de esquerda ou direita em 2018. As pesquisas mostram que, aqui, o risco vem da extrema-direita. Que se aprumem sobre com quem escolherão dialogar

Foto externa do Congresso Nacional 
Foto externa do Congresso Nacional  (Foto: Leopoldo Vieira)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

VITORIOSOS E DERROTADOS

1) O POVO BRASILEIRO (derrotado): Já teve direitos trabalhistas perdidos, terá previdenciários e padece de um desemprego recorde.

2) A OPOSIÇÃO (derrotada): Porque foi contra estes revezes da cidadania bancados pelo governo Temer.

3) REDE GLOBO (derrotada): Peitada por Temer, apesar de toda sua força, não conseguiu derrubar o governo que botou no lugar de Dilma, para trocar Temer por alguém que a emissora venderia como limpo para manter as reformas.

4) LAVA JATO (derrotada): Em aliança com a Globo, foi a ponte para interromper 13 anos de crescimento com distribuição de renda (legado Lula), ajudou a gerar a maior crise da história recente, mas perdeu para Temer ao pensar que poderia mudar governos e decidir o destino de autoridades eleitas quando bem quisesse.

5) PSDB (derrotado): Embarcou na onda da Globo pensando que isso bastaria para derrotar Temer, rachou, foi alvejado pela Lava Jato, viu seus líderes tradicionais derreterem nas pesquisas, ficou refém de Doria Jr, foi ultrapassado por Bolsonaro e pode perder, com exceção dos aecistas, os espaços que tinha para competir em 2018. Vão encarar uma Convenção onde os pais do Real ameaçam sair. Isso é como se Lula saísse do PT.

6) TEMER (vitorioso): Recompôs o Congresso (Janot disse que o método usado "faz parte do jogo"), peitou a Globo, o MPF, rachou o STF, liquidou a PF sem grito, se liberou da chantagem do PSDB e vai tocar suas reformas impopulares ladeira abaixo. Tudo com impopularidade inédita desde a abertura democrática.

7) WLAD COSTA (vitorioso): De João Ninguém a celebridade nacional graças a lideranças de esquerda e da imprensa, que caíram no seu jogo de cena e o impulsionaram. Há público para a barbárie. Acordar sem-teto com água gelada na noite mais fria do ano e apologia ao estupro e à tortura rendem aplausos e votos no Brasil e no mundo de hoje.

8) BOLSONARO ET ALII (vitorioso): Ao votar contra Temer piscou para a base social da Lava Jato à direita e deu mais um passo firme para sua candidatura presidencial.

Trocando em miúdos, dado este contexto, ao Brasil só resta Lula como esperança em 2018.

Os pais do Real alertaram Tarso Jereissati dos riscos de vitória do populismo radical de esquerda ou direita em 2018.

As pesquisas mostram que, aqui, o risco vem da extrema-direita. Que se aprumem sobre com quem escolherão dialogar.

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247