Vox Populi: Lava Jato e crise elegem Lula em primeiro turno

Não é justo dizer que só a perseguição incessante e revoltante da Lava Jato contra Lula é responsável pelos números estonteantes da última pesquisa CUT-Vox Populi sobre a eleição presidencial do ano que vem. A política econômica e as reformas massacrantes do governo Temer também estão contribuindo, mas a perseguição parece influenciar mais o povo

lula
lula (Foto: Eduardo Guimarães)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Não é justo dizer que só a perseguição incessante e revoltante da Lava Jato contra Lula é responsável pelos números estonteantes da última pesquisa CUT-Vox Populi sobre a eleição presidencial do ano que vem. A política econômica e as reformas massacrantes do governo Temer também estão contribuindo, mas a perseguição parece influenciar mais o povo.

Na nova rodada, a pesquisa em tela diz que Lula é hoje o candidato a presidente com menor rejeição e capaz de derrotar todos os adversários no primeiro turno. E, como se não bastasse, os candidatos do PSDB à Presidência (o prefeito de São Paulo, João Doria, e o governador paulista, Geraldo Alckmin) se tornaram os campeões em rejeição.

Se a eleição presidencial de 2018 fosse hoje, o ex-presidente Lula, admirado por 64% dos brasileiros, ganharia no primeiro turno, aponta nova pesquisa CUT-Vox Populi, realizada entre os dias 27 e 30 de outubro.

Na pesquisa estimulada, quando os nomes dos candidatos são apresentados aos eleitores, o petista tem 42% das intenções de voto contra 16% do deputado federal Jair Bolsonaro (PSC-RJ).

A diferença das intenções de voto entre Lula e os demais candidatos é maior ainda. A ex-senadora Marina Silva (Rede), vem em terceiro lugar, com 7%. Em quarto está o governador de São Paulo, Geraldo Alckmin (PSDB), com 5%, seguido pelo ex-ministro Ciro Gomes (PDT-CE), com 4%.

Empatados, com apenas 1% cada, estão o senador Álvaro Dias (Podemos-PR) e a ex-deputada Luciana Genro (PSOL-RS).

O senador Ronaldo Caiado (DEM-GO), o provável candidato do PV Eduardo Jorge (SP) e presidente Michel Temer (PMDB-SP) não pontuaram. Têm zero de intenção de voto.

Nesse cenário, brancos e nulos somam 15%. Não sabem ou não responderam 8% dos entrevistados.

Leia a íntegra no Blog da Cidadania

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247