1º Enem digital da história tem falhas técnicas no sistema e abstenção alta

Novo formato do exame, aplicado em computador, deverá virar o padrão para todos os candidatos em 5 anos. Inep disse que 'processo inédito está sujeito a obstáculos'.

Aplicativo de Celular ENEM
Aplicativo de Celular ENEM (Foto: ABr)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - A primeira experiência de um Enem digital, que tem prazo de 5 anos para atingir 100% dos estudantes, teve menos de 30 mil participantes e problemas técnicos que deixaram candidatos sem prova em alguns locais. A abstenção foi de 68% entre os 96 mil candidatos confirmados. A reportagem é do portal G1. 

"Tivemos alguns problemas, mas todo processo inédito está sujeito a obstáculos", disse o presidente da autarquia, Alexandre Lopes. Sobre o alto número de abstenções, declarou que é "em função da pandemia". O segundo dia de provas da edição digital acontecerá no próximo domingo (7). 

A reportagem elencou diversas falhas do processo. Uma espera de 2 horas para o início da prova para candidatos de Belo Horizonte. Um dos alunos deixou o exame porque disse que começou a passar mal.

 Em Taguatinga (DF), estudantes foram dispensados após erro no sistema. Já no Tocantins, ocorreram dificuldades técnicas foram registradas e alunos foram mandados para casa.

 No Amapá, o único local do exame no estado teve problemas no prédio e foi interditado.

"Tivemos alguns problemas, mas todo processo inédito está sujeito a obstáculos", disse o presidente da autarquia, Alexandre Lopes. Sobre o alto número de abstenções, declarou que é "em função da pandemia". O segundo dia de provas da edição digital acontecerá no próximo domingo (7).

 

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email