100 mil saem às ruas de Fortaleza e outras cidades do Ceará pela educação

Mais de 100 mil pessoas se reuniram na Praça da Gentilândia, em Fortaleza, no ato da Greve Nacional da Educação nesta quinta-feira (30); atos ocorreram também em cidades do interior Ceará como Barbalha, Quixadá, Iguatu, Itapipoca, Jucás, Morada Nova e Itarema

100 mil saem às ruas de Fortaleza e outras cidades do Ceará pela educação
100 mil saem às ruas de Fortaleza e outras cidades do Ceará pela educação
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - De acordo com os organizadores, mais de 100 mil pessoas se reuniram na Praça da Gentilândia, em Fortaleza (CE), contra os cortes na Educação e contra a reforma da Previdência nesta quinta-feira (30).

Os manifestantes se concentraram em frente à praça e saíram em marcha pelas principais ruas da capital encerrando o ato na Concha Acústica da Universidade Federal do Ceará (UFC).

"Já tínhamos uma agenda de luta contra a reforma da Previdência e resolvemos somar à luta contra a educação. Os cortes nas universidade tiram direito de toda a sociedade, então esse ato só vem a ganhar mais força com a atuação dos servidores, dos estudantes", afirma a presidente da Federação dos Trabalhadores no Serviço Público Municipal do Ceará (Fetamce), Enedina Soares, em entrevista ao G1.

Além da capital, Fortalece, houve protestos nas cidades de Iguatu, Itapipoca, Jucás, Morada Nova, Itarema, Barbalha e Quixadá.

 

 

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247