40% dos pacientes graves com Covid na Prevent Senior morreram em 2020, diz relatório

Vigilância Sanitária de São Paulo apresentou à CPI da Câmara Municipal dados sobre atuação da operadora na pandemia de Covid-19

Fachada da Prevent Senior em Sâo Paulo. 28/09/2021
Fachada da Prevent Senior em Sâo Paulo. 28/09/2021 (Foto: REUTERS/Amanda Perobelli)
Siga o Brasil 247 no Google News

Metrópoles - A Covisa, órgão de Vigilância Sanitária vinculado à Secretaria Municipal de Saúde de São Paulo, apontou, nesta quinta-feira (14/10), que cerca de 40% dos pacientes graves internados com Covid-19 na rede da Prevent Senior morreram em 2020.

O número divulgado à CPI da Prevent Senior na Câmara é maior do que os 22% citados pelo diretor da operadora, Pedro Batista, à CPI da Covid, no Senado, de acordo com o jornal O Globo.

Segundo o coordenador da Covisa, Luiz Artur Vieira Caldeira, a empresa notificou 7.705 casos de Síndrome Respiratória Aguda Grave em 2020, entre os quais 5.431 foram decorrentes da Covid-19. Deste número, 2.210 pessoas morreram, uma taxa de aproximadamente 40%.

PUBLICIDADE

Leia a íntegra no Metrópoles.

Assine o 247, apoie por Pix, inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista:

PUBLICIDADE

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

PUBLICIDADE

Cortes 247

PUBLICIDADE
WhatsApp Facebook Twitter Email