80% dos brasileiros dizem desconfiar das declarações de Bolsonaro, aponta Datafolha


247 - A maior parte da população brasileira se diz desconfiada das declarações feitas por Jair Bolsonaro, conforme pesquisa realizada pelo Datafolha, divulgada pela Folha de S. Paulo, neste sábado (7). Segundo o levantamento, 43% dos entrevistados afirmam jamais confiar nas declarações de Bolsonaro e outros 37% dizem confiar somente às vezes. 

A parcela da população que afirma sempre confiar no ex-capitão é de 19%. Ainda conforme o estudo, 1% dos entrevistados não quis ou não soube responder ao questionário.  O resultado sobre a avalição de Bolsonaro à frente do Executivo federal deverá ser divulgado amanhã (8). 

A pesquisa, que ouviu 2.948 pessoas em 176 municípios do Brasil e tem margem de erro de dois pontos percentuais, também aponta que 28% dos brasileiros acreditam que Bolsonaro não se comporta em nenhuma situação a altura do cargo que ocupa. 

Outros 28% afirmaram que, na maioria das vezes, ele se comporta de acordo com o esperado. Já para 25%, ele se comporta de forma adequada somente em algumas situações, enquanto outros 14% afirmaram que as atitudes são adequadas em "todas as ocasiões".

Também lê:

The Intercept: exoneração de Alvim não resolve nazismo de secretaria da Cultura

A exoneração do secretário nazista Roberto Alvim pode ter aliviado momentaneamente a pressão pública sobre o governo, mas está longe...

Regina Duarte sobre convite de Bolsonaro: "eu não me sinto preparada"

A atriz Regina Duarte confirmou que recebeu o convite para assumir o comando da Secretaria da Cultura, após a demissão ruidosa de...

Advogados entram com representação contra Alvim no MPF

Grupo de juristas brasileiros encaminhou nesta sexta-feira (17) representação ao Ministério Púbico Federal (MPF) para denunciar o...

Weintraub nega a história brasileira e diz que ditadura não entra no Enem

Em mais uma demonstração do caráter fascista do governo Bolsonaro, o ministro da Educação, Abraham Weintraub, a ditadura militar...

Crescimento de evangélicos na política chama a atenção de analistas

A presença de evangélicos na política cresce de forma exponencial. De 1982 para cá, o número de parlamentares declaradamente evangélicos...