A exemplo da ditadura, governo Bolsonaro lança concurso para colocar bandeira nacional em livros didáticos

Em uma nova apropriação dos símbolos nacionais, a exemplo do que acontecia na ditadura militar, o governo Jair Bolsonaro quer estampar desenhos com a temática “bandeira nacional” na quarta capa dos livros didáticos do ensino médio de 2021

(Foto: Reprodução)

247 - Em uma nova apropriação dos símbolos nacionais a exemplo do que acontecia na ditadura militar, o governo Jair Bolsonaro quer estampar desenhos com a temática “bandeira nacional” na quarta capa dos livros didáticos do ensino médio de 2021, que fazem parte do Programa Nacional do Livro e Material Didático, responsável pela distribuição de obras didáticas, literárias e pedagógicas para alunos e professores das escolas públicas de educação básica.

A escolha dos trabalhos se dará por meio do 1º Concurso Sua Arte no Livro Didático, voltado para alunos matriculados no ensino médio em escolas públicas, que foi aberto nesta sexta-feira. 

O concurso, realizado por intermédio do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE), vinculado ao Ministério da Educação (MEC), comandado por Abraham Weintraub, vai premiar os dez melhores, dois de cada região do país, e as inscrições poderão ser feitas até o dia 15 de abril, no portal do FNDE. 

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247