“A origem dessa tragédia é a negligência”, diz diretora da Anistia Internacional sobre pandemia no Brasil

Para a médica Jurema Werneck, a crise sanitária no Brasil não seria tão grande se planos eficazes de combate ao coronavírus tivessem sido aplicados adequadamente. “Havia formas de se tentar, não de impedir completamente, mas ao menos diminuir o impacto, de se isolar um pouco mais a progressão do coronavírus, e não foi feito”. Assista na TV 247

Jurema Werneck
Jurema Werneck (Foto: Amnistia Internacional | REUTERS/Bruno Kelly)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - Médica e diretora da Anistia Internacional, Jurema Werneck falou à TV 247 que a pandemia de coronavírus no Brasil atingiu proporções tão grandes por negligência dos gestores públicos. Para ela, “havia formas de se tentar, não de impedir completamente, mas ao menos diminuir seu impacto, de se isolar um pouco mais a progressão do coronavírus, e não foi feito”.

Jurema afirma que não foram colocados em prática os planos eficazes contra a disseminação do coronavírus porque “vivemos em um momento em que as autoridades não são incompetentes, mas são negligentes”. 

“O Sistema Único de Saúde (SUS) no Brasil, que gerencia, administra a saúde pública no País, tem técnicos e técnicas habilitadas para dar conta, para manejar essa epidemia. No entanto, o que essas pessoas sabem fazer não foi feito ou foi feito com muita dificuldade, foi feito com muita luta em algumas partes do País. Essa tragédia que está em curso nesse momento, a origem dessa tragédia nessa dimensão é a negligência, uma decisão de deixar as coisas acontecerem, de não colocar em curso o que se sabia que deveria ser colocado em curso. Isso é que eu acho que é a dimensão mais dramática, mais revoltante até dessa situação”, disse.

Inscreva-se na TV 247 e assista à entrevista na íntegra:

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247