Advogado de Adélio já trocou de celular 'mais de 20 vezes' e diz que não teme análise da PF

A Polícia Federal reabriu o inquérito que visa descobrir se houve um mandante na suposta facada contra Jair Bolsonaro

www.brasil247.com -
(Foto: Reprodução/TV Globo)
Siga o Brasil 247 no Google News

247 - O advogado de Adélio Bispo, autor da suposta facada em Jair Bolsonaro em 2018, Zanone Manuel de Oliveira Júnior revelou já trocou de celular "mais de 20 vezes" desde o episódio e que não teme a retomada de investigações sobre seu aparelho.

Ele também disse que vai acionar o Supremo Tribunal Federal (STF) para tentar bloquear o acesso ao seu celular. “É uma agressão a todos os advogados do país. Em meu celular estão conversas com todos os meus clientes, que têm direito à confidencialidade. É uma cláusula absoluta da democracia”, afirmou.

Na quinta-feira, 25, a Polícia Federal reabriu o inquérito que visa descobrir se houve um mandante do atentado contra Bolsonaro. Recentemente, o documentário de Joaquim de Carvalho, na TV 247, apontou irregularidades na tese oficial de que Adélio agiu sozinho na suposta facada.

PUBLICIDADE

A PF quer analisar dados do celular do advogado de Adélio, além de dados bancários, para tentar descobrir quem pagou os honorários da defesa, já que Bispo não tinha condições de arcar com os custos, informou a Folhapress. "Eu acredito que não vão encontrar nada", afirma Zanone. "Eu troco de telefone a cada dois meses", afirma ele.

A retomada do caso vem após o Tribunal Regional Federal da 1ª Região autorizar a investida contra o advogado. A PF também poderá analisar documentos e imagens de câmeras de segurança de um hotel frequentado pelo advogado.

PUBLICIDADE

Assine o 247, apoie por Pix, inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista:

PUBLICIDADE

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

PUBLICIDADE

Cortes 247

PUBLICIDADE
WhatsApp Facebook Twitter Email