Advogado de Delcídio volta a negar delação

"Não tem delação nenhuma. Vamos partir para o enfrentamento da acusação. Eu estou 'cravando' isso para você. Essa prova reunida é toda ilícita, não vamos aceitar de modo algum essas condições que estão sendo colocadas", garantiu o criminalista Antonio Figueiredo Basto sobre a prisão do senador Delcídio Amaral (PT) na Lava Jato;  “Tudo o que se tem são as próprias palavras do senador. Nós temos plenas condições de enfrentar isso que está sendo colocado pela Procuradoria-Geral da República. Não precisa ser delator para isso", acrescentou

"Não tem delação nenhuma. Vamos partir para o enfrentamento da acusação. Eu estou 'cravando' isso para você. Essa prova reunida é toda ilícita, não vamos aceitar de modo algum essas condições que estão sendo colocadas", garantiu o criminalista Antonio Figueiredo Basto sobre a prisão do senador Delcídio Amaral (PT) na Lava Jato;  “Tudo o que se tem são as próprias palavras do senador. Nós temos plenas condições de enfrentar isso que está sendo colocado pela Procuradoria-Geral da República. Não precisa ser delator para isso", acrescentou
"Não tem delação nenhuma. Vamos partir para o enfrentamento da acusação. Eu estou 'cravando' isso para você. Essa prova reunida é toda ilícita, não vamos aceitar de modo algum essas condições que estão sendo colocadas", garantiu o criminalista Antonio Figueiredo Basto sobre a prisão do senador Delcídio Amaral (PT) na Lava Jato;  “Tudo o que se tem são as próprias palavras do senador. Nós temos plenas condições de enfrentar isso que está sendo colocado pela Procuradoria-Geral da República. Não precisa ser delator para isso", acrescentou (Foto: Roberta Namour)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 – O novo advogado do senador Delcídio Amaral (PT) voltou a negar acordo de seu cliente na Lava Jato:
"Não tem delação nenhuma. Vamos partir para o enfrentamento da acusação. Eu estou 'cravando' isso para você. Essa prova reunida é toda ilícita, não vamos aceitar de modo algum essas condições que estão sendo colocadas", garantiu o criminalista, em entrevista ao Valor.

O parlamentar foi preso acusado de tentar atrapalhar as investigações da operação e a delação de Nestor Cerveró, ex-diretor da Petrobras. Segundo Basto, "a prioridade da defesa neste momento está toda concentrada em revogar a prisão temporária do senador ou, pelo menos, convertê-la em domiciliar".

Ele afirma que não há prova contra Delcídio: “Tudo o que se tem são as próprias palavras do senador. Nós temos plenas condições de enfrentar isso que está sendo colocado pela Procuradoria-Geral da República. Não precisa ser delator para isso", diz (leia mais).

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email