Advogados tentam barrar inscrição de Moro na OAB

Juristas e criminalistas críticos da Operação Lava Jato alegam que o ex-ministro Sérgio Moro ofendeu as prerrogativas da advocacia no tempo em que foi juiz dos casos da Lava Jato, em Curitiba

www.brasil247.com -
(Foto: Adriano Machado - Reuters)


247 - A informação de que o ex-ministro Sérgio Moro pretende solicitar sua inscrição na Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) para poder exercer o oficio da advocacia levou um grupo de juristas e criminalistas críticos da Operação Lava Jato a iniciar uma articulação para impugnar o pedido. 

Segundo reportagem da coluna Painel, da Folha de S. Paulo, os grupos destacam que Moro ofendeu as prerrogativas da advocacia no tempo em que foi juiz dos casos da Lava Jato em Curitiba.  Dentre os episódios destacados, está o da intercepção de conversas telefônicas em ramais dos advogados de defesa do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva. 

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Em função de uma decisão da Comissão de Ética da Presidência, Moro está impedido de exercer a advocacia por um período de seis meses. 

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Cortes 247

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
WhatsApp Facebook Twitter Email