Agora é oficial: partido de Bolsonaro está fora das eleições

Bolsonaro e apoiadores não conseguiram as assinaturas suficientes para legalizar o partido Aliança pelo Brasil. O secretário-geral da agremiação não oficial, Admar Gonzaga, disse que conseguiu um milhão de assinaturas, mas que cartórios não conseguiram conferir as fichas

Aliança pelo Brasil não deve entrar nas eleições.
Aliança pelo Brasil não deve entrar nas eleições. (Foto: Reprodução)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - O presidente Jair Bolsonaro e seus correligionários não conseguiram validar a quantidade de assinaturas necessárias para oficializar o partido Aliança Pelo Brasil a tempo de disputar as eleições municipais.

A reportagem do portal Uol destaca que "o primeiro turno de votação está previsto para 4 de outubro e terminou no último sábado (4) o prazo legal para que os partidos que vão disputar as eleições estejam registrados na Justiça Eleitoral. Com isso, o Aliança não poderá apresentar candidatos próprios."

A matéria ainda informa que "hoje está em discussão a possibilidade de adiar a data da votação, o que poderia dar mais tempo para a criação da nova legenda. De acordo com o secretário-geral do partido, Admar Gonzaga, a cúpula do partido nunca anunciou que disputaria as eleições deste ano."

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email