'Ajuda humanitária' do Brasil chega na fronteira com Venezuela

Dois caminhões carregados com oito toneladas de ajuda humanitária chegaram pouco antes das 11 horas da manhã, hora local, de Pacaraima (estado de Roraima), na fronteira do Brasil com a Venezuela; fronteira, porém, continua fechada e vigiado pela Guarda Nacional por determinação do presidente venezuelano Nicolás Maduro

'Ajuda humanitária' do Brasil chega na fronteira com Venezuela
'Ajuda humanitária' do Brasil chega na fronteira com Venezuela (Foto: Reuters)

Sputnik - Dois caminhões carregados com oito toneladas de ajuda humanitária chegaram pouco antes das 11 horas da manhã, hora local, de Pacaraima (estado de Roraima), na fronteira do Brasil com a Venezuela.

A embaixadora do Brasil, nomeada pelo autoproclamado presidente Juan Guaidó, María Teresa Belandria, chegou exatamente no ponto fronteiriço e pediu às centenas de venezuelanos que estão na área para ajudar a escoltar os caminhões para que possam entrar na Venezuela. "Eles passarão com a força do povo ", proclamou.

Os veículos, dirigidos por dois cidadãos venezuelanos, estão carregados de medicamentos essenciais, equipamentos hospitalares, arroz, feijão e açúcar.

A grande maioria da ajuda coletada (cerca de 200 toneladas) permanece em um hangar da base militar de Boa Vista, capital de Roraima, a 215 quilômetros da fronteira.

Os caminhões que chegaram a Pacaraima estão sendo revisados pelas autoridades brasileiras e devem se aproximar da fronteira em alguns instantes, onde um cordão de agentes da Guarda Nacional Bolivariana bloqueia o caminho.

Conheça a TV 247

Mais de Brasil

Ao vivo na TV 247 Youtube 247