Alcolumbre compara Bolsonaro a motorista de caminhão que acelera em direção ao muro e não freia

A tentativa fracassada de Jair Bolsonaro nesta segunda-feira de demitir o ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, foi considerada uma conduta típica de um motorista de caminhão que sabe que vai bater na parede e não para

Presidente do Senado, Davi Alcolumbre, e Jair Bolsonaro
Presidente do Senado, Davi Alcolumbre, e Jair Bolsonaro (Foto: Agência Brasil)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - O presidente do Senado, Davi Alcolumbre, comparou Jair Bolsonaro nesta segunda-feira (6) a um motorista de caminhão em alta velocidade em direção a um muro, e que mesmo alertado de que vai bater, não para.   

Alcolumbre recorreu à metáfora para se referir à tentativa fracassada de Bolsonaro de demitir o ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta.  

O episódio expôs o desgaste de Bolsonaro, visto pelo mundo político como um presidente fraco, informa o Painel da Folha de S.Paulo.
 

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email