Além do impeachment, Senado pode banir Trump para sempre de exercer cargo público

Ainda sem data definida, o Senado vai analisar o impeachment de Donald Trump aprovado pela Câmara. Se a destituição obtiver dois terços dos votos, uma nova votação, que exige maioria simples, pode impedir Trump para sempre de exercer cargos públicos

(Foto: REUTERS/Jonathan Ernst)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - O impeachment do presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, aprovado pela Câmara, será levado ao Senado. Trump é acusado de insurreição, por estimular em discurso a invasão do Capitólio contra a eleição do democrata Joe Biden. 

Diferentemente da Câmara, que exige maioria simples, no Senado, para ser aprovada, a destituição de Trump exige maioria de dois terços da Casa, o que resulta em 67 votos. Para alcançar este número, é preciso que pelo menos 17 senadores republicanos votem favoravelmente ao impeachment. 

Não há ainda previsão de quando o Senado vai avaliar o impeachment de Trump. Se os 67 votos pró-impeachment forem declarados, acontecerá uma nova votação que pode proibir Trump de exercer cargo público para sempre. 

Para esta decisão, seria necessária apenas maioria simples, o que sepultaria de vez os planos políticos do extremista republicano e principal aliado de Jair Bolsonaro. 

 Inscreva-se na TV 247, seja membro, e compartilhe:

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247