Além do substituto de Celso de Mello, Bolsonaro indicará dois ministros ao STJ

A primeira vaga no STJ será aberta ainda neste ano, com a aposentadoria do ministro Napoleão Nunes, no dia 30 de dezembro. A outra é vaga será aberta com a saída do ministro Felix Fischer, em 2022

(Foto: Reprodução)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Do Migalhas - O presidente Jair Bolsonaro terá a chance de nomear, além das duas vagas no STF, outras duas cadeiras no STJ.

No Tribunal da Cidadania, o ministro Napoleão Nunes Maia Filho será pego pela compulsória ainda em 2020, no dia 30 de dezembro, quando faz 75 anos. 

Já em 2022, será a vez do ministro Felix Fischer (relator da Lava Jato), que atinge a idade da aposentadoria compulsória em 30 de agosto.

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247