Alexandre de Moraes acha normal conversa entre Gilmar e Aécio

Ministro do Supremo saiu em defesa do colega da corte e disse achar "normal" que Gilmar Mendes e o senador Aécio Neves tenham feito 46 ligações telefônicas via WhatsApp em dois meses; "O ministro Gilmar, desde o início de seu mandato, se reúne com presidentes de vários partidos, com diversos senadores para tratar da reforma política", disse Moraes; ele também disse que "nós estamos vivendo, infelizmente, no Brasil, o que os Estados Unidos viveram lá atrás, um Macarthismo muito grande"

BRASILIA DF 28/03/2017 POLITICA Ministro Alexandre de Moraes preside sess„o da 1™ turma do STF. Foto: Nelson Jr./SCO/STF
BRASILIA DF 28/03/2017 POLITICA Ministro Alexandre de Moraes preside sess„o da 1™ turma do STF. Foto: Nelson Jr./SCO/STF (Foto: Gisele Federicce)

247 - O ministro do Supremo Tribunal Federal Alexandre de Moraes considerou "normal" o fato de seu colega de Corte, Gilmar Mendes, e o senador Aécio Neves (PSDB-MG) terem feito 46 ligações telefônicas via WhatsApp em dois meses.

Os registros foram flagrados pela Polícia Federal, que grampeava Aécio no âmbito da Operação Patmos, e constam em um relatório enviado pela corporação ao STF. Uma das ligações aconteceu no mesmo dia em que Gilmar deu uma decisão favorável ao tucano.

"O ministro Gilmar, desde o início de seu mandato, se reúne com presidentes de vários partidos, com diversos senadores para tratar da reforma política", comentou Moraes após uma palestra em São Paulo nesta sexta-feira 20, segundo reportagem do Estadão.

"E o faz às claras. Então, não há nenhum problema em que um membro do Supremo converse com parlamentares. Nós estamos vivendo, infelizmente, no Brasil, o que os Estados Unidos viveram lá atrás, um Macarthismo muito grande", completou.

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247