Moraes determina perícia em contas do PTB para apurar financiamento de fake news por Roberto Jefferson

A decisão decorre de ofício encaminhado pela Corregedoria-Geral Eleitoral, que quer mais informações sobre o possível uso do fundo partidário para a disseminação de desinformação

Roberto Jefferson e Alexandre de Moraes.
Roberto Jefferson e Alexandre de Moraes. (Foto: Weleson Nascimento/PTB Nacional | ROSINEI COUTINHO/SCO/STF)
Siga o Brasil 247 no Google News

247 - O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Alexandre de Moraes determinou nesta quinta-feira (14) que a Polícia Federal, em até 30 dias, realize uma perícia contábil nas notas fiscais relativas aos serviços prestados ao PTB pela empresa de comunicação que faz sua assessoria de marketing digital, a RAFAELA ARMANI DUARTE – ME.

A decisão decorre de ofício encaminhado pela Corregedoria-Geral Eleitoral, que apura a disseminação de notícias falsas pelo presidente do PTB, Roberto Jefferson, que, por meio de redes sociais, teria utilizado a estrutura do partido para difundir desinformação.

Roberto Jefferson retornou nesta quinta-feira para a penitenciária após passar mais de um mês internado.

PUBLICIDADE

Assine o 247, apoie por Pix, inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista:

PUBLICIDADE

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

PUBLICIDADE

Cortes 247

PUBLICIDADE
WhatsApp Facebook Twitter Email