Amazonino é eleito governador do Amazonas

Com 91,62% das urnas apuradas, Amazonino Mendes, do PDT, está matematicamente eleito governador do Amazonas; neste domingo (27), os eleitores do estado voltaram às urnas para o segundo turno da eleição suplementar para o cargo; Amazonino obteve a preferência dos eleitores, com 59,52% dos votos; seu adversário, Eduardo Braga, do PMDB, recebeu 40,48% dos votos

Com 91,62% das urnas apuradas, Amazonino Mendes, do PDT, está matematicamente eleito governador do Amazonas; neste domingo (27), os eleitores do estado voltaram às urnas para o segundo turno da eleição suplementar para o cargo; Amazonino obteve a preferência dos eleitores, com 59,52% dos votos; seu adversário, Eduardo Braga, do PMDB, recebeu 40,48% dos votos
Com 91,62% das urnas apuradas, Amazonino Mendes, do PDT, está matematicamente eleito governador do Amazonas; neste domingo (27), os eleitores do estado voltaram às urnas para o segundo turno da eleição suplementar para o cargo; Amazonino obteve a preferência dos eleitores, com 59,52% dos votos; seu adversário, Eduardo Braga, do PMDB, recebeu 40,48% dos votos (Foto: José Barbacena)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Agência Brasil - Com 91,62% das urnas apuradas, Amazonino Mendes, do PDT, está matematicamente eleito governador do Amazonas. Neste domingo (27), os eleitores do estado voltaram às urnas para o segundo turno da eleição suplementar para o cargo.

Amazonino obteve a preferência dos eleitores, com 59,52% dos votos. Seu adversário, Eduardo Braga, do PMDB, recebeu 40,48% dos votos. A abstenção foi de 24,96%, ou seja, mais de meio milhão de eleitores deixaram de votar no segundo turno, assim como no primeiro.

O TRE-AM marcou para 2 de outubro a diplomação do novo governador.

Participe da campanha de assinaturas solidárias do Brasil 247. Saiba mais.

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247