Aos 95 anos, morre o ex-deputado José Alencar Furtado, que teve mandato cassado pela ditadura

O ex-deputado federal José Alencar Furtado morreu aos 95 anos diante de problemas renais, na madrugada de segunda-feira, 11, em seu apartamento em Brasília

José Alencar Furtado
José Alencar Furtado (Foto: Reprodução)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - O ex-deputado federal José Alencar Furtado morreu aos 95 anos diante de problemas renais, na madrugada de segunda-feira, 11, em seu apartamento em Brasília, onde morava.

Ele é avô do deputado federal Uldurico Júnior (PROS-BA), que disse à Folha de S.Paulo que Furtado tinha tido complicações com um AVC (Acidente Vascular Cerebral) há algumas semanas atrás.

O ex-deputado nasceu em Araripe (CE), era advogado e começou a carreira política no Paraná, filiando-se ao então MDB na década de 1960. 

Ele exerceu três mandatos na Câmara durante a ditadura militar e foi o último político a ter o mandato cassado no governo do general Ernesto Geisel, em 1977.

Seu filho, Heitor Alencar Furtado, também foi deputado, mas foi assassinado em 1982, quando tentava a reeleição. Com a anistia naquele mesmo ano, Furtado foi eleito deputado novamente e disputou em 1986 o governo do Paraná, contra o hoje senador Álvaro Dias (Podemos-PR).

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247