Aos gritos de "Fora, Yoani", cubana desembarca

Yoani Sánchez iniciou sua viagem ao mundo em 80 dias pelo Recife; apoiada pela Sociedade Interamericana de Imprensa, ela pretende denunciar restrições à liberdade em Cuba; no fim de semana, Veja tentou alimentar uma crise artificial ao denunciar uma suposta trama armada pelo "eixo PT-Havana" para desmoralizá-la

Aos gritos de "Fora, Yoani", cubana desembarca
Aos gritos de "Fora, Yoani", cubana desembarca

247 - Yoani Sánchez, a polêmica cubana responsável pelo blog Generación Y, já está entre nós. Ela desembarcou no Recife, onde foi saudada por gritos de "Fora, Yoani", por movimentos que expressam solidariedade a Cuba.

Uma das faixas dizia "Fora Yoani, agente do serviço dos EUA contra o povo cubano". Um ativista ainda tentou esfregar dólares em seu rosto. De bom humor, ela respondeu: "Isto é a democracia"

De Recife a blogueira seguirá para Salvador e Feira de Santana, onde participará da exibição do documentário “Conexão Cuba-Honduras”, do cineasta Dado Galvão.

Sua viagem não teria a menor importância, se não tivesse sido transformada por veículos da imprensa brasileira como um ato de protesto ao regime castrista.

Neste fim de semana, a revista Veja denunciou uma suposta trama armada por um "eixo PT-Havana" para desmoralizá-la e cobrou que representantes da oposição respondessem à altura – no que foi atendida pelos senadores Álvaro Dias (PSDB-PR) e Agripino Maia (DEM-RN) e pelo deputado Roberto Freire, do PPS (leia mais aqui).

Apoiada pela Sociedade Interamericana de Imprensa, Yoani fará uma palestra no jornal Estado de S. Paulo e viajará durante 80 dias, cumprindo um roteiro no qual pretende denunciar arbítrios e injustiças do regime cubano.

Participe da campanha de assinaturas solidárias do Brasil 247.Saiba mais.

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247