AP 470: mais dois são transferidos da Papuda

Os ex-deputados Pedro Henry e Pedro Corrêa foram transferidos do Complexo Penitenciário da Papuda, em Brasília, para presídios em seus estados natais nesta tarde; eles cumprem pena por condenação na Ação Penal 470; Henry está sendo levado para Cuiabá (MT) e Corrêa para Recife (PE); já são quatro os presos da AP 470 transferidos da Papuda nesta semana; na segunda (23), o ex-deputado Romeu Queiroz e o ex-vice-presidente do Banco Rural, Roberto Salgado, foram transferidos para Minas Gerais; Marcos Valério e José Genoinio também já pediram transferência

Os ex-deputados Pedro Henry e Pedro Corrêa foram transferidos do Complexo Penitenciário da Papuda, em Brasília, para presídios em seus estados natais nesta tarde; eles cumprem pena por condenação na Ação Penal 470; Henry está sendo levado para Cuiabá (MT) e Corrêa para Recife (PE); já são quatro os presos da AP 470 transferidos da Papuda nesta semana; na segunda (23), o ex-deputado Romeu Queiroz e o ex-vice-presidente do Banco Rural, Roberto Salgado, foram transferidos para Minas Gerais; Marcos Valério e José Genoinio também já pediram transferência
Os ex-deputados Pedro Henry e Pedro Corrêa foram transferidos do Complexo Penitenciário da Papuda, em Brasília, para presídios em seus estados natais nesta tarde; eles cumprem pena por condenação na Ação Penal 470; Henry está sendo levado para Cuiabá (MT) e Corrêa para Recife (PE); já são quatro os presos da AP 470 transferidos da Papuda nesta semana; na segunda (23), o ex-deputado Romeu Queiroz e o ex-vice-presidente do Banco Rural, Roberto Salgado, foram transferidos para Minas Gerais; Marcos Valério e José Genoinio também já pediram transferência (Foto: Romulo Faro)

247 - O Ministério da Justiça confirmou transferência dos ex-deputados Pedro Henry (PP-MT) e Pedro Corrêa (PP-PE) do Complexo Penitenciário da Papuda, em Brasília, para presídios em seus estados natais nesta tarde.

Segundo a assessoria de comunicação do ministério, os dois ex-parlamentares deixaram a capital federal por volta das 13h.

Pedro Henry e Pedro Corrêa cumprem pena de 7 anos e 2 meses de prisão (cada um) pela condenação dos crimes de corrupção e lavagem de dinheiro no julgamento da Ação Penal 470, o chamado 'mensalão'. Henry está sendo levado para Cuiabá (MT) e Corrêa para Recife (PE).

Assim que pousarem, os dois serão levados para o IML (Instituto Médico Legal) dos respectivos estados para fazer exames de corpo de delito antes de serem enviados para os presídios.

Henry e Corrêa, que são médicos, farão pedidos à Justiça para que possam trabalhar fora da prisão, conforme matéria do site do jornal Folha de São Paulo.

Benefício é previsto para presos que cumprem pena no regime semiaberto, como é o caso dos dois. Se a Justiça autorizar, eles poderão deixar o presídio das 8h às 18h para cumprir jornada de trabalho de segunda a sexta.

Com os ex-deputados do PP, já são quatro os presos da AP 470 transferidos da Papuda nesta semana. Na segunda (23), o também ex-deputado Romeu Queiroz e o ex-vice-presidente do Banco Rural, Roberto Salgado, foram transferidos para Minas Gerais.

Ontem o empresário Marcos Valério pediu ao Supremo Tribunal Federal (STF) pediu transferência, também para Minas, sua terra natal. Em prisão domiciliar provisória em Brasília, o ex-deputado José Genoino, do PT, pediu para ficar em sua casa, em São Paulo, até que o Supremo decida se ele voltará ou não para a Papuda.

Conheça a TV 247

Mais de Brasil

Ao vivo na TV 247 Youtube 247