Apesar da impopularidade recorde, Crivella não está fora da disputa para 2020

Jornalista Bernardo Mello Franco destaca que o prefeito do Rio, Marcelo Crivella, “se tornou oficialmente o prefeito do Rio mais impopular das últimas décadas. De acordo com o Datafolha, 72% dos cariocas consideram sua gestão ruim ou péssima".

Marcelo Crivella
Marcelo Crivella (Foto: Fernando Frazão/Agência Brasil)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - O jornalista Bernardo Mello Franco destaca que o prefeito do Rio de Janeiro, Marcelo Crivella (Republicanos), “se tornou oficialmente o prefeito do Rio mais impopular das últimas décadas. De acordo com o Datafolha, 72% dos cariocas consideram sua gestão ruim ou péssima. Apenas 8% aprovam o desempenho do bispo como administrador”.

“A pesquisa traz más notícias para quem sonha com o segundo mandato. Crivella supera os 60% de rejeição em todas as faixas de idade, renda e escolaridade”, ressalta.” O bispo encontra dificuldades até no seu público mais fiel. Entre os evangélicos neopentecostais, que incluem os seguidores da Igreja Universal, ele é aprovado por 26% e reprovado por 49%. O dado mostra que a irritação com o prefeito está falando mais alto que a identificação com o pastor”, aponta Mello Franco.

Mello Franco, porém, avalia que “apesar do recorde de rejeição, não convém tratar o bispo como carta fora do baralho para 2020. Como lembra um futuro adversário, ele ainda conta com a máquina da prefeitura, com a igreja e com a emissora do tio. Numa disputa fragmentada, pode ser o suficiente para levá-lo ao segundo turno”.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247