Após Brumadinho, Tüv Süd suspende emissão de laudos à Vale

Empresa alemã de serviços de certificação de segurança Tüv Süd informou à brasileira Vale que não tem condições de emitir novas Declarações de Estabilidade de Barragens (DCEs) até que todo o sistema de avaliação seja revisto; "Há uma maior incerteza sobre se o atual sistema de DCEs fornece uma declaração confiável sobre as condições de estabilidade das barragens e pode ser considerado apropriado para proteção contra sérios riscos causados por barragens de rejeitos, em particular para vidas humanas e o ambiente", afirmou a empresa em nota

Após Brumadinho, Tüv Süd suspende emissão de laudos à Vale
Após Brumadinho, Tüv Süd suspende emissão de laudos à Vale (Foto: REUTERS/Adriano Machado)

Reuters - A empresa alemã de serviços de certificação de segurança Tüv Süd disse que informou à brasileira Vale que não tem condições de emitir novas Declarações de Estabilidade de Barragens (DCEs) até que todo o sistema de avaliação seja revisto, segundo comunicado da companhia nesta terça-feira.

"Há uma maior incerteza sobre se o atual sistema de DCEs fornece uma declaração confiável sobre as condições de estabilidade das barragens e pode ser considerado apropriado para proteção contra sérios riscos causados por barragens de rejeitos, em particular para vidas humanas e o ambiente", afirmou a empresa na nota.

"Considerando essas preocupações, a Tüv Süd informou à Vale que não está em posição de emitir nenhum futuro DCE e relatórios até que uma revisão completa do sistema (de avaliação) seja concluída", acrescentou a companhia, que havia assinado laudo sobre a estabilidade de uma barragem da Vale que rompeu em Brumadinho (MG) no mês passado, deixando centenas de mortos.

Por Luciano Costa

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247