Após fala na ONU, Dilma manda 'beijinho no ombro'

Chega a ser surpreendente, mas a presidente Dilma Rousseff foi questionada pela imprensa brasileira, após a Assembleia Geral das Nações Unidas, em Nova York, sobre o fato de estar feliz; "Meu querido, eu sou uma pessoa sempre alegre porque acho que senão não vale a pena viver. Vale? Beijo"; Dilma tem motivos para estar contente: sua vantagem sobre Marina Silva (PSB) oscila entre 9 pontos (no Ibope) e 18 (no Vox Populi); pesquisa divulgada hoje também colocou o povo brasileiro entre os mais felizes do mundo

Chega a ser surpreendente, mas a presidente Dilma Rousseff foi questionada pela imprensa brasileira, após a Assembleia Geral das Nações Unidas, em Nova York, sobre o fato de estar feliz; "Meu querido, eu sou uma pessoa sempre alegre porque acho que senão não vale a pena viver. Vale? Beijo"; Dilma tem motivos para estar contente: sua vantagem sobre Marina Silva (PSB) oscila entre 9 pontos (no Ibope) e 18 (no Vox Populi); pesquisa divulgada hoje também colocou o povo brasileiro entre os mais felizes do mundo
Chega a ser surpreendente, mas a presidente Dilma Rousseff foi questionada pela imprensa brasileira, após a Assembleia Geral das Nações Unidas, em Nova York, sobre o fato de estar feliz; "Meu querido, eu sou uma pessoa sempre alegre porque acho que senão não vale a pena viver. Vale? Beijo"; Dilma tem motivos para estar contente: sua vantagem sobre Marina Silva (PSB) oscila entre 9 pontos (no Ibope) e 18 (no Vox Populi); pesquisa divulgada hoje também colocou o povo brasileiro entre os mais felizes do mundo (Foto: Gisele Federicce)
Siga o Brasil 247 no Google News

247 – A presidente Dilma Rousseff foi surpreendida com a seguinte pergunta da imprensa brasileira após seu discurso na Assembleia Geral da ONU: por que estava tão feliz na conversa com os jornalistas. "Meu querido, eu sou uma pessoa sempre alegre porque acho que senão não vale a pena viver. Vale? Beijo", respondeu a presidente, sem pestanejar.

Candidata à reeleição pelo PT, Dilma tem motivos para estar contente: sua vantagem sobre a adversária do PSB, Marina Silva, oscila entre novo pontos (de acordo com a pesquisa Ibope divulgada ontem) e 18 (segundo a pesquisa Vox Populi, também desta terça-feira 23). No segundo turno, as duas estão empatadas.

A presidente, porém, não quis comentar os números. "Eu não comento pesquisa, eu já disse isso pra vocês. Quando as pesquisas caem, não comento se sobe e não comento se fica no mesmo patamar", respondeu, decidida. Coincidentemente, pesquisa divulgada hoje também colocou o povo brasileiro como o quinto mais feliz do mundo.

Discurso

PUBLICIDADE

Dilma negou ter feito discurso político na abertura da Assembleia Geral da ONU. Segundo ela, os temas abordados hoje com líderes do mundo todo foram os mesmos de anos anteriores, no mesmo evento. A presidente celebrou o fato de a ONU ter retirado o Brasil do "mapa da fome", destacou "ações afirmativas" em prol da redução da desigualdade e a criação de empregos e da renda do brasileiro, por exemplo (leia mais).

"Eu falo que o Brasil reduziu a desigualdade, aumentou a renda, ampliou o emprego, em todos os discursos. Em todos eles. Porque isso é um valor aqui. É um valor que o mundo reconhece que nós fizemos isso. Nós, em 12 anos, tivemos uma redução que poucos países do mundo tiveram. Eu digo isso porque, como chefe de governo, eu tenho um imenso orgulho disso e acho que parte do respeito que o Brasil tem no plano internacional decorre do fato de a gente ter feito isso", afirmou Dilma. As declarações foram feitas em coletiva de imprensa pouco antes de embarcar para o Brasil.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

PUBLICIDADE

Cortes 247

PUBLICIDADE
WhatsApp Facebook Twitter Email