Após fracasso de aliados do Planalto nas urnas, Mourão diz que ‘não se pode debitar nada a Bolsonaro'

Após o fracasso de aliados do Palácio do Planalto na eleição municipal deste ano, o vice-presidente Hamilton Mourão tentou minimizar os impactos negativos do resultado das urnas contra Jair Bolsonaro. "Não pode se debitar nada em relação ao presidente Bolsonaro porque ele não entrou de cabeça nessa eleição", declarou Mourão

Vice-presidente Hamilton Mourão
Vice-presidente Hamilton Mourão (Foto: REUTERS/Adriano Machado)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 – Após o fracasso de aliados do Palácio do Planalto na eleição municipal deste ano, o vice-presidente Hamilton Mourão (PRTB) tentou minimizar os impactos negativos do resultado das urnas contra Jair Bolsonaro (sem partido). Ele declarou na manhã desta segunda-feira (11) que os partidos tradicionais de centro foram "os grandes vencedores" do pleito e que Bolsonaro "não entrou de cabeça nessa eleição" . A reportagem é do jornal Folha de S. Paulo.

"Não pode se debitar nada em relação ao presidente Bolsonaro porque ele não entrou de cabeça nessa eleição. Ele apoiou alguns candidatos, muito pouco, mas não tinha... O presidente está sem partido. Sem estrutura partidária fica difícil participar de uma eleição", acrescentou Hamilton Mourão.

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247