Após gastar R$ 32 bi para cooptar deputados, Temer diz que a “verdade venceu”

Após gastar R$ 32 bilhões para cooptar deputados de maneira a votar pelo arquivamento da segunda denúncia contra si, Michel Temer divulgou um vídeo nas redes sociais afirmando que a "verdade venceu"."O Brasil é sempre maior do que qualquer desafio. E ficou ainda mais forte depois de ter suas instituições testadas de forma dramática nos últimos meses. No fim, a verdade venceu. Prevaleceram as garantias individuais e institucionais da nossa Constituição", disse

Após gastar R$ 32 bilhões para cooptar deputados de maneira a votar pelo arquivamento da segunda denúncia contra si, Michel Temer divulgou um vídeo nas redes sociais afirmando que a "verdade venceu"."O Brasil é sempre maior do que qualquer desafio. E ficou ainda mais forte depois de ter suas instituições testadas de forma dramática nos últimos meses. No fim, a verdade venceu. Prevaleceram as garantias individuais e institucionais da nossa Constituição", disse
Após gastar R$ 32 bilhões para cooptar deputados de maneira a votar pelo arquivamento da segunda denúncia contra si, Michel Temer divulgou um vídeo nas redes sociais afirmando que a "verdade venceu"."O Brasil é sempre maior do que qualquer desafio. E ficou ainda mais forte depois de ter suas instituições testadas de forma dramática nos últimos meses. No fim, a verdade venceu. Prevaleceram as garantias individuais e institucionais da nossa Constituição", disse (Foto: Paulo Emílio)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - Após gastar R$ 32 bilhões para cooptar deputados de maneira a votar pelo arquivamento da segunda denúncia contra si, Michel Temer divulgou um vídeo nas redes sociais afirmando que a "verdade venceu". Temer também agradeceu aos parlamentares que votaram pelo arquivamento da denúncia. "O Brasil é sempre maior do que qualquer desafio. E ficou ainda mais forte depois de ter suas instituições testadas de forma dramática nos últimos meses. No fim, a verdade venceu. Prevaleceram as garantias individuais e institucionais da nossa Constituição", disse.

Apesar de rejeitado por mais de 90% da população, Temer disse que agora fará "ainda mais, com a ajuda do Congresso e, principalmente, com a ajuda de todos os brasileiros. Quero até aproveitar para agradecer às deputadas e aos deputados que na votação de ontem reafirmaram o compromisso comigo e com o nosso governo", destacou.

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

Cortes 247

Apoie o 247

WhatsApp Facebook Twitter Email