Apreensão de passaporte de Lula gera vexame internacional para o Brasil, diz PT

O PT criticou a determinação do juiz Ricardo Leite, da 10ª Vara da Justiça Federal no Distrito Federal que ordenou a apreensão do passaporte Lula, proibindo sua saída do Brasil; por meio de nota, o PT disse que "o sr. Ricardo Leite (...) intrometeu-se no assunto de forma descabida, extemporânea e injustificável. Cerceou o direito de ir e vir de Lula a poucas horas do embarque, provocando mais um constrangimento internacional para o nosso país, "Não é a primeira vez que o sr. Ricardo Leite adota decisões descabeladas que lhe rendem holofotes mas envergonham o Judiciário", diz a nota

Ex-presidente Lula participa da 5ª Conferência Nacional de Segurança Alimentar e Nutricional (Fabio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil)
Ex-presidente Lula participa da 5ª Conferência Nacional de Segurança Alimentar e Nutricional (Fabio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil) (Foto: Paulo Emílio)

Sputnik - O juiz Ricardo Leite, da 10ª Vara da Justiça Federal no Distrito Federal ordenou na última quinta-feira (25) a apreensão do passaporte Lula, proibindo sua saída do Brasil. O Partido dos Trabalhadores (PT) divulgou uma nota criticando a decisão.

O ex-presidente tinha agenda prevista na cidade de Adis Abeba, Etiópia, para falar sobre ações de combate à fome em evento da FAO (Organização das Nações Unidas para a Alimentação e a Agricultura). A assessoria de Lula confirmou que sua viagem foi cancelada.

De acordo com a nota divulgada pelo PT, "a realização da viagem foi oficialmente informada pela defesa de Lula ao Tribunal Regional Federal da 4a. Região, antes do julgamento do recurso contra a sentença da Lava Jato".

"O sr. Ricardo Leite (...) intrometeu-se no assunto de forma descabida, extemporânea e injustificável. Cerceou o direito de ir e vir de Lula a poucas horas do embarque, provocando mais um constrangimento internacional para o nosso país", acrescenta a nota.

O comunicado lembra ainda que foi juiz Ricardo Leite que decretou a suspensão das atividades do Instituto Lula em 2016, sendo, em seguida, desautorizado pelo Tribunal Federal da 1ª região. Segundo o PT, "nao é a primeira vez que o sr. Ricardo Leite adota decisões descabeladas que lhe rendem holofotes mas envergonham o Judiciário".

"Provocações como essa não vão nos intimidar. O PT e Lula seguirão firmes na luta contra a fome, no Brasil e no mundo, e na defesa dos direitos da cidadania", conclui a nota.

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247