Argentina e México agora formam o eixo do bem, diz Mercadante

"Se Lula começar a andar pelas ruas e entrar em contato com as pessoas, como sempre fez, isso impulsionará a oposição e o resgate de um projeto pelo qual as pessoas do Brasil e do mundo estão cada vez mais desejando", diz ainda o ex-ministro

Mercadante: golpe quer privatizar bens públicos e universais
Mercadante: golpe quer privatizar bens públicos e universais (Foto: Marcos Oliveira/Agência Senado)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Sputinik – O ex-ministro do PT Aloizio Mercadante falou durante a reunião do Grupo Puebla, em Buenos Aires, Argentina, sobre a liberdade de Lula e momento político da região.

"O encontro entre o presidente do México, Andrés Manuel López Obrador, e o presidente eleito da Argentina, Alberto Fernández, é um novo eixo do bem estruturante na região", afirmou Mercadante segundo a Sputnik Mundo.

A primeira viagem internacional de Fernández após ser eleito foi ao México, onde encontrou o também esquerdista López Obrador. Fernández já defendeu repetidas vezes o ex-presidente Lula e foi alvo de críticas do atual presidente brasileiro, Jair Bolsonaro (PSL).

O Grupo Puebla também reuniu a ex-presidente Dilma Rousseff, o ex-presidente da Colômbia Ernesto Samper e o presidente eleito da Argentina Alberto Fernández.

Mercadante destacou, em entrevista com a imprensa após o evento, que Lula "impulsionará a oposição" no Brasil.

"A liberdade de Lula muda a política brasileira", disse o ex-ministro petista. "Se [Lula] começar a andar pelas ruas e entrar em contato com as pessoas, como sempre fez, isso impulsionará a oposição e o resgate de um projeto pelo qual as pessoas do Brasil e do mundo estão cada vez mais desejando."

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247