Aroeira: “garotos mimados de Curitiba agora enfrentam os profissionais da milícia”

“Eles leem muito desses negócios de Marvel, nada contra, mas começam a se achar super-heróis e que vão nos salvar”, brincou o cartunista. Assista

Renato Aroeira
Renato Aroeira (Foto: Ederson Casartelli)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - O cartunista Renato Aroeira definiu os procuradores da força-tarefa da Lava Jato como “garotos mimados de Curitiba” e avaliou ainda que são “meio amadores”.

Aroeira comentava, durante participação no Boa Noite 247, a notícia de que a Procuradoria Geral da República acusou, em agosto, o ex-juiz Sergio Moro de utilizar a Operação Lava Jato para espionar mais de 38 mil brasileiros, incluindo ministros do STJ (Superior Tribunal de Justiça).

“Eles são meio amadores. De um lado, eles foram mexer com bandidos, milicianos e, de outro, o baixo clero. Ou seja, os profissionais do ramo. E esse pessoal é um monte de garotos mimados, que, como se dizia antigamente, foram criados a Toddy”, ironizou.

Ele ainda notou o falso senso de justiceiro do ex-juiz: “Eles leem muito desses negócios de Marvel, nada contra, mas começam a se achar super-heróis e que vão nos salvar”.

Inscreva-se na TV 247, seja membro e compartilhe:

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email