Assassinatos em série abalam capital do Pará

Assassinatos em série abalam a Grande Belém, no Pará, após o assassinato da policial militar Maria de Fátima Santos; 20 pessoas foram assassinadas em pouco de mais de 24 horas até o início da noite desta segunda-feira, 30, segundo o IML

Assassinatos em série abalam a Grande Belém, no Pará, após o assassinato da policial militar Maria de Fátima Santos; 20 pessoas foram assassinadas em pouco de mais de 24 horas até o início da noite desta segunda-feira, 30, segundo o IML
Assassinatos em série abalam a Grande Belém, no Pará, após o assassinato da policial militar Maria de Fátima Santos; 20 pessoas foram assassinadas em pouco de mais de 24 horas até o início da noite desta segunda-feira, 30, segundo o IML (Foto: Gisele Federicce)

247 - Assassinatos em série abalam a Grande Belém, no Pará, após o assassinato da policial militar Maria de Fátima Santos. Vinte pessoas foram assassinadas em pouco de mais de 24 horas até o início da noite desta segunda-feira, 30, segundo o IML.

Uma chacina resultou em três mortos, sendo um adolescente de 13 anos. A policial, de 49 anos, foi executada com três tiros em sua casa na tarde de domingo. Um grupo armado com ao menos quatro bandidos invadiu a residência da PM. Maria morreu com dois tiros na cabeça e um no peito, na cozinha.

O Brasil 247 quer a sua ajuda para tomar decisões importantes. Participe da pesquisa

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247