Assembleia Legislativa do Rio deve acatar pedidos de impeachment contra Witzel

Dois pedidos de impeachment tramitam na Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro, contra o governador Wilson Witzel, alvo de mandados de busca e apreensão por suspeitas de envolvimento com a corrupção na Saúde em meio à pandemia

Governador Wilson Witzel
Governador Wilson Witzel (Foto: Carlos Magno/GOVRJ)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - A Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro deve acatar os pedidos de impeachment contra o governador Wilson Witzel, o que o obrigaria a se defender não apenas perante o Judiciário, mas também no Legislativo.

O Estado de S.Paulo informa que o presidente da Assembleia Legislativa, André Ceciliano (PT), disse que a Casa não vai ficar inerte. Três pedidos de impeachment já haviam sido apresentados durante o mandato de Witzel, mas eram muito mais baseados em ilações do que em fatos concretos. A avaliação é de que os protocolados nesta quarta-feira têm mais riqueza de detalhes e justificam pelo menos a abertura do processo.

Apesar do legislativo estadual não ter afirmado que vai aceitar a abertura do processo, o andamento já é tido como certo nos bastidores. O rito, que envolve passagem por comissões, deve demorar cerca de 20 dias.

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247