Assessora direta de Michelle ganha cargo em posto diplomático criado por Bolsonaro nos EUA

“Fontes no Itamaraty garantem que foi a ingerência da esposa do presidente que garantiu a nomeação”, afirma o jornalista Jamil Chade, do UOL

www.brasil247.com - Michelle Bolsonaro
Michelle Bolsonaro (Foto: REUTERS/Ricardo Moraes)


247 - A diplomata Marcela Braga, assessora direta da primeira-dama, Michelle Bolsonaro, foi escolhida pelo governo Jair Bolsonaro (PL) para chefiar o vice-consulado do Brasil em Orlando, nos Estados Unidos. O local foi criado pelo atual ocupante do Palácio do Planalto e foi inaugurado por ele em junho deste ano. “Fontes no Itamaraty garantem que foi a ingerência da esposa do presidente que garantiu a nomeação”, diz o jornalista Jamil Chade em sua coluna no UOL.

“Em 2019, a diplomata era apenas segunda-secretária, o que na hierarquia do Itamaraty representa ainda o início da carreira de um servidor da chancelaria. Mas, em apenas três anos e meio, ela subiu rapidamente e coincidindo com o governo Bolsonaro. Mesmo assim, a diplomata não seria a escolha mais evidente e sua nomeação para o posto em Orlando causou irritação nos corredores da chancelaria. Tais cargos, tradicionalmente, são destinados às patentes mais elevadas dentro do ministério”, destaca a reportagem. 

Ainda segundo Chade, diplomatas acusam Marcela Braga de ter “‘furado a fila’ das promoções e superado cerca de 200 outros diplomatas que, em tese, estariam mais avançados na carreira que ela”.

Assine o 247, apoie por Pix, inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista: 

 

O conhecimento liberta. Quero ser membro. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

Cortes 247

WhatsApp Facebook Twitter Email