Associação de juízes pede reforço em julgamento de Lula

Em reunião com a presidente do Supremo Tribunal Federal, ministra Cármen Lúcia, nesta segunda, o presidente da Ajufe (Associação dos Juízes Federais do Brasil), Roberto Veloso, pediu reforço de segurança para o prédio e para os juízes do TRF-4 (Tribunal Regional Federal da 4ª Região) por causa do julgamento do ex-presidente Lula no dia 24 próximo; Veloso relatou que está "muito preocupado" com as ameaças de que teve conhecimento

Em reunião com a presidente do Supremo Tribunal Federal, ministra Cármen Lúcia, nesta segunda, o presidente da Ajufe (Associação dos Juízes Federais do Brasil), Roberto Veloso, pediu reforço de segurança para o prédio e para os juízes do TRF-4 (Tribunal Regional Federal da 4ª Região) por causa do julgamento do ex-presidente Lula no dia 24 próximo; Veloso relatou que está "muito preocupado" com as ameaças de que teve conhecimento
Em reunião com a presidente do Supremo Tribunal Federal, ministra Cármen Lúcia, nesta segunda, o presidente da Ajufe (Associação dos Juízes Federais do Brasil), Roberto Veloso, pediu reforço de segurança para o prédio e para os juízes do TRF-4 (Tribunal Regional Federal da 4ª Região) por causa do julgamento do ex-presidente Lula no dia 24 próximo; Veloso relatou que está "muito preocupado" com as ameaças de que teve conhecimento (Foto: Romulo Faro)

247 - Em reunião com a presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), ministra Cármen Lúcia, nesta segunda (15), o presidente da Ajufe (Associação dos Juízes Federais do Brasil), Roberto Veloso, pediu reforço de segurança para o prédio e para os juízes do TRF-4 (Tribunal Regional Federal da 4ª Região) por causa do julgamento do ex-presidente Lula no dia 24 próximo.

Veloso relatou que está "muito preocupado" com as ameaças de que teve conhecimento, sobretudo as veiculadas em redes sociais. Ele disse que levará a diretoria da Ajufe para visitar o TRF-4 no próximo dia 22 para "prestar solidariedade ao tribunal".

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247