"Assunto delicado e que deve ser apurado", diz Mourão sobre acusações de assédio sexual envolvendo o presidente da Caixa

"Sem comentários. Assunto delicado e que deve ser apurado", disse o vice-presidente, Hamilton Mourão

www.brasil247.com - Hamilton Mourão e Pedro Guimarães
Hamilton Mourão e Pedro Guimarães (Foto: Marcos Corrêa/PR | Valter Campanato/Agência Brasil)


247 - O vice-presidente, Hamilton Mourão, disse que as acusações de que o presidente da Caixa Econômica Federal, Pedro Guimarães, assediou sexualmente funcionárias da instituição são “assunto delicado” e que precisam ser investigadas.

"Sem comentários. Assunto delicado e que deve ser apurado”, disse Mourão em entrevista à CNN Brasil. A expectativa é que Guimarães deixe o cargo em função das denúncias ainda nesta quarta-feira (29).  O Ministério Público Federal (MPF) abriu um procedimento para investigar as denúncias feitas por funcionárias contra Guimarães.

O caso também repercutiu na cúpula da campanha de reeleição de Jair Bolsonaro, que teme que as acusações aumentem a rejeição do atual ocupante do Palácio do Planalto junto ao eleitorado feminino. 

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

O afastamento, defendido por aliados do Planalto, serviria para que o Guimarães ganhasse tempo para se dedicar a sua defesa e reduziria o desgaste do governo, uma vez que ele vinha participando de constantes eventos e viagens com Jair Bolsonaro. Pedro Guimarães é considerado um aliado e amigo próximo do clã Bolsonaro. 

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Assine o 247, apoie por Pix, inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista:

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

O conhecimento liberta. Quero ser membro. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Cortes 247

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
WhatsApp Facebook Twitter Email