Ataques a Gilmar Mendes ganham força em grupos de WhatsApp de Bolsonaro

Slides de Power Point – aos moldes dos de Dallagnol – que circulam em grupos de bolsonaristas no Whatsapp tentam associar Gilmar Mendes a criminosos e corruptos e desqualificar sua atuação enquanto ministro; em meio ao levante de lavajatistas contra o STF, pedido de impeachment de Gilmar foi protocolado no Senado

Ataques a Gilmar Mendes ganham força em grupos de WhatsApp de Bolsonaro
Ataques a Gilmar Mendes ganham força em grupos de WhatsApp de Bolsonaro
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - Apoiadores do presidente Jair Bolsonaro preparam um ataque nas redes sociais contra o ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Gilmar Mendes.

Segundo os jornalistas Renato Rovai e Ivan Longo, da Revista Fórum, membros do grupo de Whatsapp chamado “O Brasil ganhou” tentam associar Gilmar Mendes a criminosos e corruptos e desqualificar sua atuação enquanto ministro por, supostamente, ele agir em prol de causas político-partidárias. 

Os slides de powerpoint feitos por bolsonaristas que estão circulando em grupos de Whatsapp contra Gilmar Mendes são, em boa parte, baseados no pedido de impeachment do ministro protocolado na semana passada, no Senado, pelos advogados Modesto Souza Barros Carvalhosa, Laercio Laurelli Luís e Carlos Crema.

 

Leia o texto na íntegra na Revista Fórum

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247