Ataques de Olavo a militares deixaram feridas abertas e crise no governo

Os embates provocados pelos ataques do guru do bolsonarismo Olavo de Carvalho aos militares continuam repercutindo, provocando consequências políticas e indicando aprofundamento da crise no governo

Ataques de Olavo a militares deixaram feridas abertas e crise no governo
Ataques de Olavo a militares deixaram feridas abertas e crise no governo

247 - Os embates provocados pelos ataques do guru do bolsonarismo Olavo de Carvalho aos militares continuam repercutindo, provocando consequências políticas e indicando aprofundamento da crise no governo.

Setores das Forças Armadas estão insatisfeitos com o papel desempenhado por Bolsonaro, que no entender deles não defendeu como devia os generais que estão no governo da fúria verbal olavista.

Os olavistas continuam na expectativa de que o general Santos Cruz perca o comando da Comunicação.

As informações são da coluna Painel da Folha de S.Paulo. Uma das consequências do embate, segundo a coluna é que "Bolsonaro ficou cismado até com o fato de o ex-comandante do Exército general Villas Bôas ter saído em defesa dos colegas sem consultá-lo antes".

A coluna informa ainda que a passagem de Villas Bôas pelo Congresso, na quarta-feira (8), foi marcada por atos de desagravo. E elogios por ter chamado para si a defesa dos militares.

Estão em curso articulações para derrubar na Câmara a condecoração concedida por Bolsonaro a Olavo de Carvalho, diz a coluna.

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247