Ato contra a copa reúne "multidão" de cem pessoas

Um movimento que cansou... Convocado pela internet, o 9º Ato Contra a Copa reuniu somente “umas 100 pessoas” em protesto na frente do Theatro Municipal, zona central da capital paulista, de acordo com a Polícia Militar (PM); com palavras de ordem contra os gastos públicos necessários à realização da Copa do Mundo no Brasil e empunhando faixas e cartazes nos quais asseguram que o Mundial, de 12 de junho a 13 de julho, será a “Copa das Manifestações”; manifestantes não conseguiram adesão popular e movimento contra a Copa vai encolhendo cada vez mais

Um movimento que cansou... Convocado pela internet, o 9º Ato Contra a Copa reuniu somente “umas 100 pessoas” em protesto na frente do Theatro Municipal, zona central da capital paulista, de acordo com a Polícia Militar (PM); com palavras de ordem contra os gastos públicos necessários à realização da Copa do Mundo no Brasil e empunhando faixas e cartazes nos quais asseguram que o Mundial, de 12 de junho a 13 de julho, será a “Copa das Manifestações”; manifestantes não conseguiram adesão popular e movimento contra a Copa vai encolhendo cada vez mais
Um movimento que cansou... Convocado pela internet, o 9º Ato Contra a Copa reuniu somente “umas 100 pessoas” em protesto na frente do Theatro Municipal, zona central da capital paulista, de acordo com a Polícia Militar (PM); com palavras de ordem contra os gastos públicos necessários à realização da Copa do Mundo no Brasil e empunhando faixas e cartazes nos quais asseguram que o Mundial, de 12 de junho a 13 de julho, será a “Copa das Manifestações”; manifestantes não conseguiram adesão popular e movimento contra a Copa vai encolhendo cada vez mais (Foto: Paulo Emílio)

Agência Brasil - Convocado pela internet, o 9º Ato Contra a Copa reuniu somente “uma 100 pessoas” em protesto na frente do Theatro Municipal, zona central da capital paulista, de acordo com a Polícia Militar (PM).

Como das vezes anteriores, os manifestantes criticaram os gastos públicos para a Copa do Mundo da Fifa Brasil 2014 e empunharam faixas e cartazes nos quais asseguram que o Mundial, de 12 de junho a 13 de julho, será a “Copa das Manifestações”.

O ato começou às 15h e se desenvolveu de forma pacífica, apesar de interditar parte da Rua Coronel Xavier de Toledo, e chamou a atenção de quem passava pelo local a figura de um grande boneco, em forma de caveira, com a roupa da Seleção Brasileira de Futebol.

Despertou curiosidade também a chegada de uma tropa de patrulhamento da PM montada, com policiais usando traje Robocop, como eles mesmos batizaram o exoesqueleto de polipropileno, resistente a pancadas, que vestem pela primeira vez. A vestimenta de segurança inclui escudos, capacetes e coletes à prova de balas, além de proteções nos braços e pernas, com alguns adereços de segurança também nos cavalos.

Conheça a TV 247

Mais de Brasil

Ao vivo na TV 247 Youtube 247