Autoproclamado presidente, ator Zé de Abreu lança autobiografia

Autoproclamado presidente do Brasil, o ator José de Abreu escreveu um autobiografia dizendo que a sua "vida em Santa Rita do Passa Quatro - SP pode ser dividida em antes e depois do falecimento do meu pai em 1955, quando eu tinha 9 anos. Uma parte dela com seu salário e presença, e uma outra, muito dura, sem eles"

Autoproclamado presidente, ator Zé de Abreu lança autobiografia
Autoproclamado presidente, ator Zé de Abreu lança autobiografia

247 - Autoproclamado presidente do Brasil, o ator José de Abreu escreveu um autobiografia dizendo que a sua "vida em Santa Rita do Passa Quatro - SP pode ser dividida em antes e depois do falecimento do meu pai em 1955, quando eu tinha 9 anos. Uma parte dela com seu salário e presença, e uma outra, muito dura, sem eles".

"Foi muito bom conviver com meu pai, ele era uma pessoa muito legal. Calmo, ponderado, o oposto da minha mãe italiana, grande, voz forte, espalhafatosa, briguenta. Mas foram por poucos meses. Logo ele teve outro problema de saúde, dessa vez mais grave: um rompimento da aorta. Era dia 5 de outubro de 1955 e ele estava na sala de jantar ouvindo no rádio a apuração da eleição realizada no dia 3 e que elegeu JK presidente do Brasil", continua.

"Meu pai era goiano e sabia que JK poderia construir Brasília, o que traria a seu estado natal grande progresso. Eu e a Maria Elvira, a irmã mais nova, estávamos no Fórum da cidade acompanhando pessoalmente a apuração da eleição para prefeito da cidade – um tio nosso concorria, o Jayme Nori, casado com tia Zita, fazendeiro e produtor de cinema (!) – quando um funcionário veio nos avisar de que o meu pai havia passado mal e fora internado na Santa Casa", diz. "Não entendi direito, tinha 9 anos e a morte estava longe de minha compreensão"

Conheça a TV 247

Mais de Brasil

Ao vivo na TV 247 Youtube 247