Avisamos que isso ia acontecer, diz Gleisi sobre aumento da desigualdade

Presidente nacional do PT, senadora Gleisi Hoffmann, disse sentir uma 'tristeza profunda', como resultado da pesquisa realizada pela ONG Oxfam que aponta para o crescimento da desigualdade no Brasil ao longo do ano passado; 'Avisamos que isso iria acontecer. Num país tão desigual como o Brasil, precisamos de um Estado forte, com políticas indutoras de desenvolvimento e programas de proteção social. Temer-Bolsonaro fazem exatamente ao contrário. Só vai piorar. Tristeza profunda', destacou 

Avisamos que isso ia acontecer, diz Gleisi sobre aumento da desigualdade
Avisamos que isso ia acontecer, diz Gleisi sobre aumento da desigualdade
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - A presidente nacional do PT, senadora Gleisi Hoffmann, usou sua conta no Twitter para comentar uma pesquisa realizada pela ONG Oxfam que aponta que, no ano de 2017 a desigualdade de renda no Brasil ficou estagnada, pela primeira em 23 anos, o que fez com o país ocupasse a nona posição no ranking mundial da desigualdade.

"Avisamos que isso iria acontecer. Num país tão desigual como o Brasil, precisamos de um Estado forte, com políticas indutoras de desenvolvimento e programas de proteção social. Temer-Bolsonaro fazem exatamente ao contrário. Só vai piorar. Tristeza profunda", destacou Gleisi.

Segundo o relatório "País Estagnado", entre os anos de 2016 e 2017 o Brasil se manteve estável em relação ao Índice de Desenvolvimento Humano (IDH), ocupando a 79ª posição em um ranking composto por 179 países. Ainda segundo a Oxfam, o número de pobres cresceu 11% em 1 ano, alcançando 15 milhões de brasileiros 2017 (7,2% da população) e os rendimentos dos 10% de brasileiros mais ricos aumentaram 6% em 2016 sobre o exercício anterior. No mesmo período, a renda dos 50% de brasileiros mais pobres encolheu 3,5%.

Confira o Twitter de Gleisi sobre o assunto. 

 Avisamos que isso iria acontecer. Num país tão desigual como o Brasil, precisamos de um Estado forte, com políticas indutoras de desenvolvimento e programas de proteção social. Temer-Bolsonaro fazem exatamente ao contrário. Só vai piorar. Tristeza profunda https://t.co/bpk57y1HoW

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247