Baiano será convocado para explicações no Senado

Senador Jader Barbalho disse neste sábado, 17, que irá apresentar requerimento na Comissão de Constituição e Justiça do Senado convocando os lobistas Fernando Soares e Jorge Luz, para esclarecerem supostos pagamentos de propinas a senadores; em depoimento à Procuradoria Geral da República, Baiano relatou ter pago entre 2006 e 2008 propina ao presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL), e aos senadores Delcídio Amaral (PT-MS) e Jader Barbalho, em contrato de afretamento de navio-sonda da Petrobras

Senador Jader Barbalho disse neste sábado, 17, que irá apresentar requerimento na Comissão de Constituição e Justiça do Senado convocando os lobistas Fernando Soares e Jorge Luz, para esclarecerem supostos pagamentos de propinas a senadores; em depoimento à Procuradoria Geral da República, Baiano relatou ter pago entre 2006 e 2008 propina ao presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL), e aos senadores Delcídio Amaral (PT-MS) e Jader Barbalho, em contrato de afretamento de navio-sonda da Petrobras
Senador Jader Barbalho disse neste sábado, 17, que irá apresentar requerimento na Comissão de Constituição e Justiça do Senado convocando os lobistas Fernando Soares e Jorge Luz, para esclarecerem supostos pagamentos de propinas a senadores; em depoimento à Procuradoria Geral da República, Baiano relatou ter pago entre 2006 e 2008 propina ao presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL), e aos senadores Delcídio Amaral (PT-MS) e Jader Barbalho, em contrato de afretamento de navio-sonda da Petrobras (Foto: Aquiles Lins)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - Os lobistas Fernando Soares e Jorge Luz serão convocados para prestarem esclarecimentos na Comissão de Constituição e Justiça do Senado. Informação foi divulgada neste sábado, 17, pelo senador Jader Barbalho (PMDB-PA), que deve apresentar requerimento na próxima semana. 

"O senador apresentará requerimento para convocação do delator Fernando Baiano e do denominado lobista Jorge Luz para depor e explicar a citação de nomes de senadores, dentre eles do próprio Jader Barbalho, que teriam recebido propina", informou a assessoria do senador peemedebista.

Em depoimento à Procuradoria Geral da República, Baiano relatou ter pago entre 2006 e 2008 propina ao presidente do Senado Federal, Renan Calheiros (PMDB-AL), e ao líder do governo na Casa Legislativa, Delcídio Amaral (PT-MS), em contrato de afretamento de navio-sonda da Petrobras. Segundo Baiano, o petista e o peemedebista teriam dividido entre US$ 5 milhões e US$ 6 milhões com Jader Barbalho e com o então ministro de Minas e Energia Silas Rondeau.

 

 

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email