Barroso: TSE 'fará o que é certo' sobre pedido de registro da candidatura de Lula

O vice-presidente do TSE, ministro Luís Roberto Barroso, disse que a Corte "fará o que é certo" em relação a relatoria do pedido de registro da candidatura do ex-presidente Lula ao Planalto; PT questionou, na última quarta-feira (15), o sorteio eletrônico do TSE que distribuiu a relatoria do caso para Barroso por entender que por uma questão de regularidade processual o pedido de registro deveria ter sido encaminhada ao ministro Admar Gonzaga, que é relator das ações de impugnação feitas pelo MBL e pelo candidato a deputado federal Alexandre Frota (PSL-SP)

Barroso: TSE 'fará o que é certo' sobre pedido de registro da candidatura de Lula
Barroso: TSE 'fará o que é certo' sobre pedido de registro da candidatura de Lula

247 - O vice-presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), ministro Luís Roberto Barroso, disse que a Corte "fará o que é certo" em relação a relatoria do pedido de registro da candidatura do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva ao Planalto. O PT questionou, na última quarta-feira (15), o sorteio eletrônico do TSE que distribuiu a relatoria do caso para Barroso.

Para o PT, por uma questão de regularidade processual o pedido de registro da candidatura de Lula deveria ter sido encaminhada ao ministro Admar Gpnzaga, que é relator das ações de impugnação do registro feitas pelo Movimento Brasil Livre (MBL) e pelo candidato a deputado federal Alexandre Frota (PSL-SP). Para o PT, existe uma contradição no fato dos pedidos de impugnação terem sido encaminhados a Gonzaga e o pedido de registro a Barroso. "Nisso, como em tudo mais, faremos o que é certo", disse Barroso sobre o assunto.

Segundo o Broadcast do Estadão, Barroso não pretende decidir individualmente sobre o pedido de registro da candidatura de Lula. Ele pretende levar o caso ao plenário da Corte por entender que o caso possui relevância institucional.

 

Ao vivo na TV 247 Youtube 247