Bebianno diz que Adriano é o Celso Daniel de Bolsonaro

Ex-secretário geral da Presidência, Gustavo Bebianno afirmou em entrevista ao "Roda Viva" que com a morte do miliciano Adriano da Nóbrega a família Bolsonaro passou a ter "um fantasma"

Gustavo Bebianno
Gustavo Bebianno (Foto: Reprodução)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - Em entreviata ao programa "Roda Viva", da TV Cultura, na noite desta segunda-feira (2), o ex-secretário geral da Presidência Gustavo Bebianno disse que a morte do miliciano Adriano da Nóbrega Adriano é o Celso Daniel da família Bolsonaro, informa o IG.

"O PT tem um grande fantasma que é o Celso Daniel. E agora a família Bolsonaro tem um fantasma que é o capitão Adriano. Parece uma queima de arquivo. Quem teria interesse na morte dele? Não sei", afirmou.

Bebianno disse também nunca ter se encontrado com Adriano, mas falou que era um "nome conhecido" e que ouvia falar dele: "era tido como um policial linha de frente e linha dura. Eu não sabia que era miliciano, só era um nome que eu ouvia algumas vezes. Era alguém com quem se tinha amizade".

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247