Bolsonaro cai no colo da 'velha política'

Em guerra aberta com seu partido, o PSL, durante a qual os dois lados em que a agremiação se dividiu lutam pelo dinheiro dos fundos partidário e eleitoral e por vantagens políticas, e se xingam em público, num espetáculo deprimente e imoral, Jair Bolsonaro busca o apoio do MDB, DEM e PSD, partidos conhecidos como praticantes do fisiologismo próprio da "velha política", para assegurar base de sustentação no Congresso

(Foto: Marcos Corrêa/PR)

247 - Reportagem da jornalista Talita Fernandes na Folha de S.Paulo indica que Jair Bolsonaro  passou a procurar antigos caciques e e velhas raposas da política para sair do isolamento e reorganizar sua base de apoio no Congresso.  

Depois de sucessivas crises políticas, Bolsonaro recebe agora líderes dos partidos de centro-direita e direita para tentar evitar derrotas nas casas legislativas.   

A reportagem informa que nas últimas duas semanas Bolsonaro se reuniu com os presidentes de dois partidos que atuam com o chamado centrão - Baleia Rossi, do MDB, e Gilberto Kassab, do PSD.  

Bolsonaro receberá os líderes de outras legendas quando regressar da viagem de duas semanas por Ásia e Oriente Médio.  

A reunião com o presidente do MDB ocorreu na semana passada, no Palácio do Planalto, e contou com a presença do ministro responsável pela articulação política do governo, o general Luiz Eduardo Ramos (Secretaria de Governo).  

Já a conversa com Kassab, líder de outro partido de centro-direita, conhecido por práticas fisiológicas próprias da chamada "velha política", ocorreu durante um café da manhã a convite de Bolsonaro no Palácio da Alvorada na última sexta-feira (18), em compromisso que não constava da agenda oficial.        .

Ao vivo na TV 247 Youtube 247