Bolsonaro continua com rejeição disparada: 42%

Candidato da extrema-direita variou um ponto positivamente na taxa de rejeição, de 41% para 42%, e continua sendo de longe o candidato que as pessoas mais citam na pergunta sobre "quem não votariam de jeito nenhum"; em segundo lugar está Fernando Haddad, cuja rejeição subiu 6 pontos, para 29%

Bolsonaro continua com rejeição disparada: 42%
Bolsonaro continua com rejeição disparada: 42% (Foto: Gustavo Lima/Agência Câmara)

247 - O candidato do PSL, Jair Bolsonaro, continua sendo disparado o mais rejeitado na disputa à presidência, com 42%. Ele variou um ponto positivamente desde a última pesquisa, divulgada em 11 de setembro, quando apresentou rejeição de 41%.

O segundo nome mais citado na pergunta sobre quem não votariam "de jeito nenhum" é o de Fernando Haddad, cuja rejeição subiu 6 pontos, para 29%. Marina Silva apresenta rejeição de 26%, Geraldo Alckmin, 20%, e Ciro Gomes, 19%.

O Ibope entrevistou 2.506 eleitores em 177 municípios brasileiros e a margem de erro da pesquisa é de 2 pontos percentuais para mais ou para menos. O levantamento foi realizado entre 16 e 18 de setembro.

Conheça a TV 247

Mais de Brasil

Ao vivo na TV 247 Youtube 247