Bolsonaro critica "interferência" da Alemanha e da França no meio ambiente: "atrapalham o desenvolvimento"

Presidente Jair Bolsonaro criticou os governos da França e da Alemanha por, segundo ele, interferirem em assuntos ambientais e, desta forma, atrapalharem o desenvolvimento do Brasil; “Esses dois, em especial, achavam que estava (sic) tratando com governos anteriores, que após reuniões como essa, vinham pra cá, demarcavam dezenas de áreas indígenas, demarcavam quilombolas, ampliavam área de proteção. Ou seja, dificultavam cada vez mais nosso progresso aqui no Brasil”, afirmou Bolsonaro em encontro com ruralistas

(Foto: Bolsonaro Amazônia)

247 - O presidente Jair Bolsonaro criticou os governos da França e da Alemanha por, segundo ele, interferirem em assuntos ambientais e questões como a demarcação de terras indígenas e quilombolas e, desta forma, atrapalharem o desenvolvimento do Brasil. Segundo Bolsonaro, as conversas com o presidentes da França, Emmanuel Macron, e a chanceler alemã, Angela Merkel, durante a reunião de cúpula do G-20, realizada na semana passada no Japão, confirmaram o que ele “pensava” sobre o assunto. 

“Esses dois, em especial, achavam que estava (sic) tratando com governos anteriores, que após reuniões como essa, vinham pra cá, demarcavam dezenas de áreas indígenas, demarcavam quilombolas, ampliavam área de proteção. Ou seja, dificultavam cada vez mais nosso progresso aqui no Brasil”, afirmou Bolsonaro durante um encontro com ruralistas nesta quinta-feira (4).  

“Eu sobrevoei a Europa duas vezes e também lhes disse que não encontrei um quilômetro quadrado de floresta naquela região. Eles não têm autoridade para vir discutir essa questão conosco. Mudou a maneira do Brasil se portar perante o mundo”, completou. 

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247